Resenha: Jogos Vorazes, de Suzanne Collins

Se vocês espera a resenha de “Uma Curva Na Estrada”, sinto muito, amanhã teremos ela!

jogos vorazes

Jogos Vorazes

de Suzanne Collin, 397 páginas.

Rocco Jovens Leitores, 2008

The Hunger Games, ou Jogos Vorazes, conta a história em primeira pessoa de Katniss Everdeen, uma garoto do Distrito 12 de Panem. Ok, o que é Panem?

O que seria a América do Norte no futuro. Parece que houve uma guerra e tal, então os Estados Unidos a América do Norte virou Panem, que era um país normal, com sua política, com os seus cidadãos nada satisfeitos com a situação, pois apenas a Capital, que é a capital dessa país (criatividade  gente se vê por aqui!) era rica, que apenas eram livre e tal, enquanto todos os 13 Distritos, a maioria, vivia na pobreza, trabalhando para o consumo da Capital. Aí, em um dia, o Distrito 13 e os outros Distritos se rebelaram contra a Capital, houve uma guerra chamada Dias Escuros, a Capital bombardeou o Distrito 13, ele virou ruínas e a Capital venceu. E para eles mostrarem que eram os donos de lá, os “badass” (não posso falar palavrão, mas qual palavra seria melhor que badass?) de Panem, eles criaram os tais Jogos Vorazes, onde cada Distrito deveria sortear um rapaz e uma moça de 12 a 18 anos, chamados “Tributos, para ir lutar até a morte contra os outros Tributos em uma arena cheia de armadilhas. É isso a história de Panem.

No Dia da Colheita, que é onde é sorteado o nome do Tributo masculino e feminino, a sorteada como Tribute é Primrose Everdeen .Sim, a irmãzinha querida de Katniss. E o que a Katniss apostou que a Prim iria morrer primeiro por causa de uma lança na cabeça disse “Eu me ofereço!Eu me ofereço como Tributo!” . Aí eu não posso contar o resto porque senão eu vou dar spoiler.Triste a vida, né?

Então, à minha opinião.Eu adorei o livo, foi com certeza um dos melhores livros que eu li e vou ler esse ano.Tem ação, uma pitadinha de suspense e romance. A vá, qual YA (Young Adult = Jovem Adulto) não tem romance?Mesmo assim, fantástico!

Os personagens são cheios de caráter, e a Katniss, bem, eu não conseguiria falar se ela é legal ou um porre.Sério, ela é chato e legal ao mesmo tempo, mesmo sendo, além de revolucionária no livro (saberá mais pelo final) ela na revolucionária na literatura em si, pois ela não é “a menina frágil”, ela é guerreira, mas se alguém estivesse na Arena, obviamente ela teria de ser guerreira, sem opção nenhuma.

A edição é boa, pouquíssimos erros, se não nenhum.O livro é dividido em 3 partes: “Os Tributos”, “Os Jogos” e “O Vitorioso” .

Quanto ao tordo com uma flecha e com um circulo prendendo ele, eu vi a explicação dele, e de todos os tordos na frente do livro, no Facebook.Vou compartilhar com vocês: O tordo de Jogos Vorazes representa a Katniss e todos os Tributos, mas especialmente a Katniss, pois significa ela/eles oprimidos/presos pela Capital/círculo.A flecha significa o Jogos Vorazes, pois o tordo a está segurando querendo matar para sobreviver, sendo uma representação perfeita da Katniss, e também, pelo jeito que ela está desenhada, lembra que alguém jogou a flecha na mesma, querendo matar ela. Legal isso né?

Então é isso, obrigado por lerem todo isso!Até a próxima!

Anúncios

Um comentário sobre “Resenha: Jogos Vorazes, de Suzanne Collins

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s