Resenha de Maze Runner: Correr Ou Morrer, de James Dashner

Oláááá :p

 

maze-runnner-correr-ou-morrer-1

Maze Runner – Correr ou Morrer

de James Dashner, 426 páginas

Vergara & Riba Editoras, 2009/2010

 

 

Sua vida anterior já não existe mais.

Uma nova se inicia.

Lembre. Corra. Sobreviva.

Ao acordar dentro e um escuro elevador em movimento, a única coisa que Thomas consegue se lembrar é de seu nome. Sua memória está completamente apagada. Mas ele não está sozinho. Quando a caixa metálica chega a seu destino e s portas se abrem, Thomas se vê rodado por garotos. “Bem vindo à Clareira, Fedelho.”

A Clareira. Um espaço cercado por muros gigantescos. Assim como Thomas, nenhum deles sabe como foi parar ali. Nem porquê. Sabem apenas que tosas as manhãs as portas de pedra do Labirinto que os cerca se abrem e, à noite, se fecham. E que cada trinta dias um novo garoto é entregue pelo elevador.

Porém um fato altera de forma radical a rotina do lugar: chega uma garota, a primeira enviada à Clareira. E mais surpreendente ainda é a mensagem que ela traz consigo. Thomas será mais importante do que imagina. Mas para isso terá de descobrir os sombrios segredos guardados em sua mente e correr… correr muito.

 

Se você leu a sinopse e pensou: isso é tipo uma versão mais direta de Jogos Vorazes, sem distritos, mas com tributos, e tal… VOCÊ. ESTÁ. MUITO. ENGANADO.

Realmente, a única coisa em comum é o futuro distópico, sinceramente.

O James Dashner é um dos autores que fazem parte do clube “Mexer Com Nossos Sentimentos”, de uma maneira incrível! É inevitável nãos aber que á mortes no livro, mas uma dessas mortes me emocionou, pois era um dos meus personagens favoritos! Como não chorar, eu não sei.

Os personagens são um ponto fraco. Eles realmente não tem, ahn… personalidade. Uma hora ele se faz alguém que tem esperanças, e alguns capítulos depois, simplesmente desistia.

O jeito que eles descobrem para decifrar o labirinto… é incrível! Eu nunca pensei em momento algum durante a leitura do livro!

Sabe o que é melhor do livro? É que você se sente como Novato (ou Fedelho, de acordo com a gíria da Clareira) e não sabe de nada, e de acordo que você vai lendo o livro, você vai entendendo, mas… novos mistérios aparecem. E ono final do livro, novos mistérios aparecem, e a resolução dele é apenas superficial, ou seja, se você acha que pontes são sempre iguais, leia Maze Runner. Você vai gritar e espernear pelo segundo livro.

Na resenha do Cabine Literário (http://www.youtube.com/watch?v=MD2BXAZTsn4), o Gabriel faz uma citação do livro Belas Maldições, Neil Gaiman, que tem tudo haver com o livro: “(…) é como se você estivesse jogando uma versão bizarra de poker, em uma sala totalmente escura, com cartas em branco e apostas infinitas. E o carteador não te explica as regras, ele só sorri, o tempo inteiro” . E isso é extamente o que os personagens de Maze Runner passam.

Outra coisa ruim é que, até o Thomas chegas, algumas ideias, que parecem óbvias, simplesmente não são exploradas. No final, quando isso aconteceu, eu fiquei simplesmente embasbacado e pensando “Eu teria feito isso muito tempo antes!” .

E tem as gírias! Palavras como “Mértila” e “Plong”! Fica difícil entender, mas é legal!

No enfim, estou ansioso pelo próximo livro! A série inteira foi lançado no Brasil, os livros são Prova de Fogo e A Cura Mortal, além de Ordem de Extermínio, que é o prequel da série, ou seja, é antes da história do primeiro livro.

Quanto à edição física, eu A-M-E-I! A capa é linda! Tem relevo nas heras do labirinto, e as folhas tem ondulações na parte de fora, além de atrás tem um Verdugo! E a capa é mais bonita que a americano. Mil parabéns Vergara & Riba Editoras!

 

Acho que é isso! Até mais!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s