Dez Coisas Que Aprendi Sobre o Amor

Olá! Como tem acontecido nos últimos meses, a editora Novo Conceito entrou em contato com os blogueiros que se cadastraram para serem blogueiros e mandou outra prova de um livro deles, com promessa de mandarem um exemplar para quem fizer uma resenha sobre. O livro da vez é Dez Coisas Que Aprendi Sobre o Amor, livro de estréia da Sarah Butler!

ImageProxy

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Logo de cara, admito que não me senti atraído pelo livro. Julgando pela capa, ela é muito forçada.

Mas o que importa mesmo é a história, certo? Diferente de A Mais Pura Verdade, que me senti imerso no livro logo no release, e em A Playlist de Hayden, que meu deixou curioso, essa prova não me apresentou nada de novo. Somos apresentados a duas histórias, e simplesmente não entendi nada de nenhuma das duas. Sim, eu entendi o que estava acontecendo, mas aí eu pergunto: para que estão me contando isso? Qual a finalidade, aliás? Diferente dos dois últimos livros, que os começos já deixavam claro sobre o que o livro se tratava, aqui nós ficamos totalmente desnorteados com esse começo.

Mas, é muito difícil julgar um livro lendo menos que 50 páginas dele. Vamos ver o que vem pela frente, não é?

 

Aliás, para deixar os blogueiros e os leitores no clima do livro, a NC nos convidou a listar 10 coisas que nós aprendemos com o amor, num gesto parecido com o que tem no começo de cada capítulo do livro. E aqui está tudo que eu já aprendi com o amor.

 

1) O amor não vê tempo. Você pode amar mais uma pessoa que você conhece a um dia do que uma que você conhece a três anos.

2) Sim, você realmente se supera em nome do amor.

3) Infelizmente, amar uma pessoa nem sempre é o suficiente para fazer o bem á ela.

4) A chama do amor pode diminuir, mas raramente é completamente apagada.

5) Muitas vezes, o amor nos faz ver pessoas como seres milagrosos, mas isso é uma mentira.

6) Nosso próprio coração gosta de sofrer por amor.

7) Não é preciso conhecer pessoalmente para amar.

8) Não dá para falar motivos pelo qual amamos alguém, um animal ou alguma coisa.

9) Amor e ódio são as duas emoções principais, o resto é derivado delas.

10) Pode ser mais difícil transmitir amor, mas no final, a sensação é muitíssimo melhor.

 

E isso são apenas dez coisas que eu aprendi com o amor. Lista aí nos comentários dez coisas que você aprendeu com o amor! 🙂

Até mais o/

Anúncios

Um comentário sobre “Dez Coisas Que Aprendi Sobre o Amor

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s