Resenha #MLI2015 | Roverandom, de J. R. R. Tolkien

Olá! Tudo bem com você?

roverandom

Roverandom

de J. R. R. Tolkien, 1998

Editora WMF Martins Fontes, 70 págs

Em 1925, durante as férias, o pequeno Michael Tolkien perdeu, na praia, um cãozinho de brinquedo que ele adorava. Para consolá-lo, o pai, J. R. R. Tolkien, inventou uma história sobre um cachorro de verdade que é transformado em brinquedo por um mago e enviado por um ‘feiticeiro-da-areia’ à Lua e ao fundo do mar. Mais de 70 anos depois, as aventuras do cachorro Rover, também conhecido pelo nome de ‘Roverandom’, foram publicadas na Inglaterra. Elas foram organizadas a partir do texto original por Christina Scull e Wayne G. Hammond.

A coisa que mais me chamou atenção foi o jeito com que o livro foi concebido. O cachorrinho de brinquedo do filho de Tolkien se perdeu na praia, e então ele começou a contar a história sobre um cachorro que vira um brinquedo e depois se perde na praia. Isso me chamou a atenção pois mostrou o quanto a história era despretensiosa, e foi algo que ela conseguiu manter até o final.

Eu sempre digo para as pessoas começarem a ler Tolkien com O Hobbit, mas Roverandom ganhou o posto. A leitura é simples demais, e o número de páginas só ajuda, além das lindíssimas ilustrações que aparecem de vez em quando. A leitura é feita especialmente para crianças, tanto que eu a recomendo fortemente para ler aos seus alunos, filhos, primos e qualquer outra criança na hora de dormir.

Por ter essa ambição de ser uma história para crianças, a narrativa só se preocupa em contar uma história empolgante e divertida para o leitor. Caso você tenha lido minha primeira Coluna Indicativa, sabe a minha opinião sobre crianças lendo fantasia, já deve imaginar que esse livro é perfeito para fazer a criança cair de cabeça na leitura: dois universos fantásticos inteiros para serem explorados!

A história ainda é muito improvável, nunca podendo ser preditada, algo parecido com O Guia do Mochileiro das Galáxias, o que se junta com as poucas páginas do livro, fazendo com que a leitura seja rápida e prazerosa.

 

E é isso! Altamente recomendada a leitura de todo mundo que esteja a fim de ler algo mais leve e divertido, e principalmente pra quem quer começar a ler Tolkien!

Obrigado por ler até aqui, e até mais o/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s