#SemanaOCicloDaMorte #5

Aaaah, infelizmente a Semana O Ciclo da Morte acabou :\ Mas pelo menos temos um conto exclusivo do ! Confira abaixo!

(Link: http://paginaperdida.com.br/escritos/cena-extra-aniversario/)

 

Esta cena se passa 2 anos antes da história de O Ciclo da Morte, e foi escrita para a semana de divulgação do lançamento do livro. Foi uma das primeiras cenas com a Kelene que escrevi (rascunhei), e me ajudou bastante a entender a personalidade dela, mesmo não tendo entrado no livro.

Aniversário

A vida é feita de escolhas. E cada uma delas tem o potencial para afetar não apenas a nossa própria vida, mas também a de todos ao nosso redor. Eu deveria ter me lembrado disto. Nunca se escapa das consequências, não importa quando tempo se passe.

Engolindo as lágrimas, eu olhei para meu celular mais uma vez. Dezenove chamadas não atendidas. E este número só iria aumentar. Não era para ser assim. Este dia deveria ser feliz, cheio de comemorações. Meu aniversário de dezoito anos. Ao invés disso, eu estava pagando o preço pelas minhas escolhas.

Meus pais estavam mortos. Eu tinha sido acordada pelo toque do celular, a voz impessoal do outro lado me dando a notícia. Um acidente de carro, disseram. Eles haviam morrido na hora.

Eu tinha me esquecido… Ou melhor, tivera esperanças de que apenas eu seria afetada. Ilusão. Tinha feito minha escolha, renovado um juramento que eu sabia que me prenderia por toda a minha vida, mais uma vez.

“Você saberá quando chegar a hora de fazer sua parte.”

As palavras frias da Morte estavam gravadas em minha memória. Eu só não tinha esperado que outras pessoas pagassem por minha escolha.

– Kelene?

A voz que me chamava era familiar, e eu levantei a cabeça para encarar Artur. Um colega da faculdade, apenas isto. Ele hesitou, antes de vir se sentar ao meu lado.

– Eu soube. – ele murmurou. – Não imaginei que te veria aqui hoje.

– Não, eu deveria estar no velório, não é? – minha voz era amarga, eu sabia que a culpa era minha, mesmo que ninguém mais suspeitasse. – Assistir enquanto todos aqueles abutres fingem se importar comigo, fingem que se importavam com meus pais, mas no fim das contas só querem estar próximo de quem tem o dinheiro.

Artur arregalou os olhos, mas não discutiu. Era por isto que tínhamos nos tornados amigos, até certo ponto. Ele também percebia os jogos de interesse e os desprezava.

O celular vibrou, e eu o desliguei. Não atenderia as ligações de condolências. Não responderia aos que perguntavam onde eu estava. Eu não tinha o direito de estar no velório, nem de chorar por eles. Um acidente, diziam. Mas eu entendia. Aquilo era apenas uma forma conveniente de disfarçar o que realmente acontecera, esconder qualquer estranheza.

A Morte sabia que eu entenderia o recado.

Balançando a cabeça, eu me levantei, sem falar nada. Ainda senti os olhos de Artur nas minhas costas enquanto ia em direção à saída da faculdade.

Era hora de cumprir minha parte do acordo.

 

 

 

Anúncios

#SeamanOCicloDaMorte #4

Hoje teremos uma entrevista com a autora, com perguntas dos blogs Era Uma Vez Um Livro (http://www.eraumavezolivro.blogspot.com.br/), Malucos por Literatura (malucasporliteratura.blogspot.com), Miih e o Mundo Literário (miiheomundoliteraria.blogspot.com.br) e My Little Metaphor (http://mylittlemetaphor.blogspot.com.br/)

 

 

1. Queria perguntar como surgiu a ideia desse livro?

De uma conversa no celular, com uma amiga. Brincando, ela perguntou “imagina dividir o apartamento com um vampiro?” e 5 minutos depois eu estava escrevendo a cena da primeira conversa de Lucio e Kelene no apartamento. E então uma amiga postou o começo de um livro dela (Amor e Morte, da Letícia Marques) e a ideia terminou de criar forma.

 

2. Quando você era criança já sonhava em ser escritora?

Acho que sonhar em ser escritora mesmo, desde os 12 anos ou coisa assim. Foi quando meu pai descobriu um dos meus cadernos de histórias, gostou, pediu um amigo pra digitar e foi tentar publicar rs Só então que parei para pensar nessa possibilidade.

 

3. Quem é Thais Lopes ?

Uma louca sonhadora, que não sabe viver sem seus livros e sua música. Sou uma pessoa que acima de tudo quer viver, aproveitar todas as chances e oportunidades que tiver, e correr atrás dos meus sonhos e daquilo em que acredito, sem me importar se dizem ser difícil ou até mesmo impossível.

 

5. Cinco Livros que foram importantes para a inspiração ou criação de O Ciclo da Morte?

Amor e Morte, da Letícia Marques (não publicado). Marcada para Morrer, da Kim Harrison. Ravenous, da Sharon Ashwood. Ana Z, Aonde Vai Você, da Marina Colasanti. Jogos Vorazes, da Suzanne Collins (juro! Haha)

 

6. O Ciclo da Morte é seu primeiro livro lançado, mas é seu primeiro escrito? Quando isso começou? E qual são seus planos para a próxima continuação da série? O que os leitores devem esperar?

Nossa, está longe de ser o primeiro! Antes dele escrevi cinco livros de uma série de fantasia/ficção científica (que foram escritos e reescritos mais vezes do que me lembro – comecei a escrever essa história com 11 anos, poxa!), e dois livros de outra série de fantasia. Um dia desses tiro a poeira deles (e de outras coisinhas que estão aqui)

Bom, a continuação da série já está bem adiantada, digamos assim. O segundo livro, Herança de Fogo, está praticamente terminado, e já comecei a rascunhar o terceiro. Entre os livros 2 e 3 tenho dois “contos” grandinhos (maiores que o A Revelação), para explicar alguns fatos que só vão ser mencionados no livro 3. E sim, vai ser trilogia, pelo menos por agora.

A série Santuário da Morte não é a série da Kelene e do Lucio, o título foi proposital. Os livros contam a história do Santuário, sua influência no mundo humano e na vida das pessoas ligadas a ele. Ou seja, podem esperar mais surpresas haha Alguns personagens secundários vão ganhar destaque, novos personagens vão surgir, outros povos do Outro Mundo vão aparecer também. (Mas ninguém vai sumir, antes que apareça alguém querendo me matar rs) A relação entre a humanidade e os povos do Outro Mundo vai voltar a ser uma questão importante, que vai fazer uma diferença muito grande no rumo das coisas.

 

7.Pergunta de onde saiu a inspiração para escrever os livros e o nome dos personagens.

De uma conversa no celular, com uma amiga. Brincando, ela perguntou “imagina dividir o apartamento com um vampiro?” e 5 minutos depois eu estava escrevendo a cena da primeira conversa de Lucio e Kelene no apartamento. E então uma amiga postou o começo de um livro dela (Amor e Morte, da Letícia Marques) e a ideia terminou de criar forma.

Teve nome inventado (Kelene, Avés), teve nome que escolhi por causa do significado (Lucio), os que foram resultado de muuuuuuuita pesquisa (Ajoxb’ak, K’inich e K’ujul). Mas a maioria eu simplesmente achei que combinava com os personagens.

 

E é isso!

 

Participem do lançamento virtual! https://www.facebook.com/events/901204356572973/?notif_t=plan_user_joined

 

Participem da book tour! https://docs.google.com/forms/d/1btBD4pPSrzKfVOPCXxNzQqg4rm1vqHaICZl0QHEtkEE/viewform

#SemanaOCicloDaMorte #3

Olá! 😀

Continuando a #SemanaOCicloDaMorte, hoje nos vamos conhecer os personagens dos livros!

 

KeleneKelene

Raça: Humana

Idade: 20 anos

Estudante de História, gosta de ler e de música. Costuma tentar se manter afastada das pessoas, apesar de ter se tornado muito próxima de alguns dos seus vizinhos. Mesmo que tente ser discreta, todos percebem que esconde mais segredos do que deveria. Está acostumada a lidar com os povos do Outro Mundo, e sabe que muito do que a humanidade acredita sobre eles está errado. Uma vez que tenha feito uma escolha e dado sua palavra, nada faz com que ela volte atrás, e nada vai impedir que ela cumpra o que prometeu. Mas isso não quer dizer que não se arrependa das escolhas que fez.

 

 

LucioLucio

Raça: Vampiro

Idade: Aproximadamente 5.000 anos

Um dos primogênitos dos vampiros, cortou todas as relações com sua raça quando decidiu se redimir do que tinha feito. Aprendeu a se passar por humano e passou séculos se escondendo. É o último Guardião do Santuário da Morte e um aliado dos povos das fadas. Tudo o que ele faz é marcado pelo arrependimento pelas coisas que fez ao ser transformado, e por isso costuma fugir ao invés de enfrentar qualquer problema, por medo de voltar a agir como no passado. A única exceção a isto é seu juramento para o Santuário, que ele coloca acima de qualquer outra coisa.

 

 

 

SethSeth

Raça: Vampiro

Idade: Aproximadamente 5.000 anos

Primogênito dos vampiros, não tem interesse em exercer nenhum tipo de controle sobre sua raça, desde que lhe deem o respeito/temor que considera seu como direito e paguem o preço de sangue. Nos tempos antigos a humanidade o conhecia como um deus, e quer voltar a ser tratado desta forma. É movido pela ambição e pelo desejo de vingança contra a única pessoa que ousou desafiá-lo: Lucio.

 

 

 

 

MorteMorte

Raça: Imortal

Idade: Indeterminada

Arrogante e sem interesse pelo que acontece no mundo, mantém um controle férreo sobre os vampiros desde a Intervenção. Confia demais em seu poder e naquilo que representa, e por isso acabou permitindo que o Santuário da Morte entrasse em declínio, por não ver nenhuma importância no que ele representava.

 

 

 

 

 

Inominável

Raça: Humano

Idade: Aproximadamente 10.000 anos

Criador dos vampiros, ele é a pessoa a ter enganado a Morte, e o causador da guerra que separou a humanidade e o Outro Mundo. Seu nome foi apagado da história ao fim da guerra, e ele aprisionado no Santuário da Morte. Ele nunca desiste, e não vê problemas em estender seus planos por centenas de anos.

#SemanaOCicloDaMorte #2

Olá! Vamos continuar com #SemanaOCicloDaMorte?

  • Playlist

Nada melhor do que ler ouvindo música, certo? Eu pelo menos adoro ler enquanto escuto música, ás vezes acho até que me concentro melhor! Caso você vai ler, que tal ouvir essa Playlist que a próprio autora escolheu?

Cenas

Lands of Past – Old Times: música que Kelene escuta quando chega no apartamento, na primeira noite de Lucio lá. No livro ela colocou o nome como Call of the Depths, que na verdade é o nome do álbum.

Pippin – Simple Joys: mesma cena, é a música que toca depois de Old Times. Essa entrou para a trilha sonora quando ela estava fazendo a última revisão.

Elane – Calad Vallen: cena do círculo de fogo.

Elane – The Night I Left: depois do círculo de fogo.

Lacuna Coil – Closer: quando chegam na festa.

Pythia – Sarah (Bury Her): na festa.

Diablo Swing Orchestra – Balrog Boogie: na festa.

Lacuna Coil – I Won’t Tell You: na festa.

 

Fora de cena

Pythia – Tristan: Kelene e Lucio. Por algum motivo essa música ficou na minha cabeça como trilha sonora para os dois.

Lands of Past – Fallen Pledge: discussões entre Kelene e Morte.

Elane – Madgalena: Kelene e moradores das ruínas.

Pythia – The Circle: ficou no repeat aqui desde quando Lucio se lembra da Intervenção, até o fim da batalha.

 

  • Convite:

Tenho dois convites para você!

1) Participe do lançamento virtual no Facebook!Banner Lançamento

https://www.facebook.com/events/901204356572973/?notif_t=plan_user_joined

 

 

bannerbooktour Participe do BookTour!

https://docs.google.com/forms/d/1btBD4pPSrzKfVOPCXxNzQqg4rm1vqHaICZl0QHEtkEE/viewform

 

 

Até amanhã! o/

#SemanaOCicloDaMorte #1

Olá gente, tudo bem?

Como vocês sabem (ou perceberam, tanto faz), este blog não é adepto de mostrar as maiores novidades do mundo da literatura, mas, esta semana, vou trazer um material bem diferenciado para vocês. Como sou adepto da divulgação de nossa linda literatura brasileiro, durante toda essa semana eu estarei trazendo material do livro “O Ciclo da Morte”, da série Santuário da Morte, da autora Thais Lopes!

Então, que tal começarmos? (A semana de lançamento começou no sábado, mas infelizmente eu fiquei o final de semana inteiro ocupado)

 

 

 

  • Biografia da Thais:

  Conheça um pouco mais da autora! 😀Thais Lopes - Autora

Meu nome é Thais Lopes, mineira de 24 anos. Cresci entre livros e histórias fantásticas. Desde criança tomei gosto por criar histórias, e este é um vício que nunca me abandonou. Uma coisa que nunca falta na minha bolsa/mochila? Papel e caneta. Sempre. Outra constante é a música. Sabe aquela pessoa louca no ponto de ônibus cantarolando como se não tivesse ninguém por perto? Oi, muito prazer. O resultado disso tudo é algo que costumo chamar de um pequeno problema de excesso de criatividade. Tenho mais personagens e histórias na cabeça do que acho que vou conseguir passar para o papel, e mundos (e seres) fantásticos são a minha paixão.

 

 

 

  • Sinopse do Livro O Ciclo da Morte:

Ciclo da morte - livro 1

 Simplesmente não tem como alguém querer ler um livro sem ler a sinopse? Leia aqui a sinopse completa do livro!

Um anúncio de aluguel faz com que Lucio, um vampiro caçado pelo primogênito de sua raça, conheça Kelene. Mas ela não é apenas uma jovem humana, da mesma forma que Lucio não é um vampiro qualquer.O que Kelene não imaginava era que Lucio estivesse ligado a uma figura de seu passado, e que uma armadilha antiga estivesse de volta. O que Lucio não esperava era que Kelene fosse a arma que precisavam para destruí-lo, ele que estava além da própria Morte. Quando a verdade começa a vir à tona, não há como fugir. As respostas estão no passado, entre as memórias proibidas de Lucio e os segredos que transformaram Kelene no que ela é. Mas o que alguém pode fazer quando a própria Morte está ameaçada?

 

 

  • Deguste os dois primeiros capítulos!

Não se convenceu de que deve ler o livro? Deguste – gratuitamente – dos dois primeiros capítulos!

http://paginaperdida.com.br/escritos/o-ciclo-da-morte-degustacao/

Não se convenceu? Veja alguns quotes do livro!

Quote 1

 

 

 

 

 

 

 

 

Você sobreviveu Fugindo. Mas eu sobrevivi aprendendo a não recuar.

 

Quote 2

 

 

 

 

 

 

 

É a Morte que traz a evolução, que permite que a velha geração dê lugar para a nova.

 

quote 3

 

 

 

 

 

 

 

 

A Morte deveria estar acima das fraquezas dos mortais. E agora, a Morte se lembraria que um dia havia sido mortal. E que nem mesmo ela seria eterna.

 

quote 4

 

 

 

 

 

 

 

 

A Morte foi arrogante e se esqueceu dos avisos do passado. Agora, temos duas opções: pagar o mesmo preço por seu erro ou assumir a responsabilidade.

Minha escolha já foi feita.

 

Quote 5

 

 

 

 

 

 

 

 

 Sim, podemos deixar que os vampiros se enfrentem. Mas vocês estão se esquecendo de um pequeno detalhe…

Os vampiros não são a ameaça real.

 

quote 6

 

 

 

 

 

 

 

 

 Eu sei quando alguém está tentando se aproximar de mim.

E a vida me ensinou que as pessoas só se aproximam das outras quando querem alguma coisa.

 

  •  Booktrailer

Está quase se convencendo a ler o livro? Tenho mais um ultimato:

O booktrailer que você confere clicando aqui.   Particularmente, ele está incrível!

 

  • Sinopse do Conto A Revelação:

Antes de escrever o livro, a autora escreveu um conto situado no mesmo mundo! Que tal dar uma conferida?

 

A RevelaçãoE se o que você pensa ser fantasia fosse real?

Por muito tempo, os seres sobrenaturais esconderam sua existência. O avanço da tecnologia destruiu o segredo, e eles foram obrigados a revelar que não eram apenas fruto da imaginação. Mas o Outro Mundo não estava preparado para a reação da humanidade – e para o que logo se transformou em uma verdadeira caçada.

 

 

 

 

 

 

  • Convite:

Tenho dois convites para você!

1) Participe do lançamento virtual no Facebook!Banner Lançamento

https://www.facebook.com/events/901204356572973/?notif_t=plan_user_joined

 

 

bannerbooktour Participe do BookTour!

https://docs.google.com/forms/d/1btBD4pPSrzKfVOPCXxNzQqg4rm1vqHaICZl0QHEtkEE/viewform

 

 

 

É isso gente! Espero que se motivem a ler o livro, pois eu já me motivei! Mal posso esperar para ter meu exemplar em mãos 😀

 

Até a próxima!